TOP

Suíça diz que que o país foi altamente afetado pelo escândalo da Petrobras(Marina Wentzel Wentzel-BBC)

Desdobramentos da operação Lava Jato gerou investigações e denúncias de lavagem de dinheiro contra bancos do país

As investigações do Ministério Público suíço sobre contas suspeitas de movimentarem dinheiro obtido no esquema de corrupção na Petrobras ainda não foram encerradas, mas o órgão já afirma que o centro financeiro do país foi seriamente afetado pelo escândalo.As apurações da operação Lava Jato no Brasil sobre a corrupção na estatal chegaram a contas suspeitas no exterior, grande parte delas na Suíça.

Mas qual é a dimensão do impacto do escândalo brasileiro sobre o sistema financeiro suíço?-Procurado pela BBC Brasil, o Ministério Público em Berna diz que o escândalo gerou denúncias de lavagem de dinheiro em níveis “muito acima da média” e que isso desencadeou extensas investigações – que ainda estão em andamento.

“Os resultados iniciais das investigações indicaram que o sistema financeiro da Suíça foi seriamente afetado pelo escândalo, uma vez que diversas pessoas e companhias que já foram indiciadas e condenadas no Brasil conduziam transações suspeitas envolvendo contas na Suíça”, afirmou a porta-voz Walburga Bur.

Nesta semana, a agência reguladora do mercado financeiro suíço, FINMA, anunciou ter aberto investigações contra três bancos que não observaram as práticas de combate à lavagem de dinheiro em contas relacionadas ao escândalo da Petrobras.

(mais…)

Read More
TOP

Feira de Tecnologia na de Campania Grande inicia quarta-feita 28

Evento contará com diversas atividades paralelas, como a Rodada de Negócios da Economia Digital
Com o tema “Inovação Colaborativa e Sustentável”, a 13ª Feira de Tecnologia de Campina Grande (Fetech) terá início na próxima quarta-feira (28) e criará um diálogo com universidades, empreendedores e público geral sobre os problemas e soluções inovadoras focadas na preservação do meio ambiente. O evento será realizado na Central de Aulas da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e segue até o sábado (31).

Este ano, o evento ganhou um incremento a mais, a 1a Rodada de negócios da Economia Digital, que acontecerá na quarta-feira (28), com cerca de 10 empresários paraibanos. Conforme a analista técnica do Sebrae em Campina Grande e gestora do projeto Sow de Economia Digital, Ivana Sena, a Rodada irá fomentar a demanda do mercado local. “Vamos expor as empresas e suas soluções. As negociações serão em torno de soluções para automação, software, entre outras da economia digital”, falou, acrescentado que a ideia da Feira deste ano é criar um local propício aos negócios.

Durante os quatro dias da Fetech, acontecerão diversos eventos paralelos, como a I Olimpíada da Inovação da Paraíba, uma maratona de jogos digitais (Fetech Game Jam), uma Feira de Artesanato Sustentável, o Congresso de Inovação, Ciências Ambientais e Sustentabilidade, além da exposição de projetos de tecnologia e encontros de negócios para os empresários do setor. A Olimpíada da Inovação, que acontecerá durante os quatro dias da Fetech, terá como tema “Ideias e Soluções Criativas” e o foco será a apresentação de ideias e soluções para problemas de organizações governamentais, empresas e sociedade em geral. Além de promover a articulação com as instituições de ensino e empresas que estejam desenvolvendo ações inovadoras, o evento estimulará a criatividade e o empreendedorismo na Paraíba.

“Nesta primeira edição, a Olimpíada já está sendo um sucesso. A começar pelo número de propostas de 158 soluções inscritas, o que superou as expectativas da organização do evento. Uma das marcas da Fetech sempre foi antecipar tendências, pois o evento traz à tona temas específicos visando antever o futuro”, disse a diretora geral da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB) e secretária de Ciência e Tecnologia do Estado, Francilene Garcia.

Já a Feira de Artesanato Sustentável, outro atrativo da Fetech, é uma parceria entre a Fundação, o Instituto Tecnológico de Campina Grande (ITCG), as empresas Made In Paraíba e Ciclos. Os artesãos participaram de uma seleção, que avaliou se suas peças se enquadram no perfil do evento. Os selecionados participam gratuitamente, para comercializar peças de artesanato sustentável, com materiais recicláveis como sucata, jornal, entre outros.

A Fetech é realizada pelo PaqTcPB, Sebrae, UEPB, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), com apoio da prefeitura municipal, governo Estadual, Centro de Tecnologia Telmo Araújo (Citta) e sistema Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep) e Senai. O evento faz parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Read More
TOP

Parece que desta vez Pizzolato chega ao Brasil numa chegada da prisão

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Antonio Cruz deve chegar no Brasil nesta sexta para cumprir sua pena por causa do mensalãoEm meio às investigações do esquema de desvios descoberto na Petrobras pela operação Lava Jato, o país deve assistir nesta sexta-feira ao desfecho daquele que, até pouco tempo atrás, era considerado por muitos o maior escândalo de corrupção da história recente do país: o mensalão.

Enquanto alguns dos pivôs do caso já foram até libertados – entre eles o ex-ministro José Dirceu, que voltou para a cadeia indiciado na Lava Jato –, o imbróglio envolvendo Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil, tende a terminar só agora, com sua extradição da Itália para o cumprimento de sua pena.

Condenado a 12 anos e 7 meses por corrupção passiva, peculato (desvio de recursos públicos) e lavagem de dinheiro, ele fugiu do Brasil em 2013 para evitar a prisão. Após operação da Interpol, foi localizado e preso em fevereiro do ano passado no país europeu, onde entrou usando os documentos de seu irmão Celso, morto na década de 1970.

Por ter cidadania italiana, ele esperava escapar de ser devolvido ao Brasil. Após uma longa batalha judicial, porém, acabou tendo suas expectativas frustradas e já é esperado na Penitenciária da Papuda, em Brasília.Nesta quinta, ele foi entregue pelas autoridades italianas à Polícia Federal brasileira, que o escoltará em um voo comercial de Milão, no norte do país europeu, para São Paulo. A expectativa é de que ele chegue ao Brasil nesta sexta.

 

Última cartada

Na tentativa de evitar a extradição, Andrea Haas, mulher de Pizzolato, fez na quarta-feira um último apelo em uma carta aberta ao ministro da Justiça da Itália, Andrea Orlando.No texto, publicado pelo jornal Il Manifesto, ela afirma que as prisões brasileiras são um perigo não apenas para os detentos, mas também para suas famílias.Segundo Andrea, os presos são submetidos a condições desumanas. E os familiares, continua, são humilhados, sofrem extorsões e até violência. A revista íntima, diz, é “tortura legalizada”.

“Me perdoe a crueza do que estou para escrever, mas no Distrito Federal, onde se encontra o presídio da Papuda, ao qual o governo brasileiro e o seu governo destinaram meu marido, ainda é permitida a revista íntima que consiste na obrigação para as visitantes, inclusive idosas, deficientes e jovens, de despirem-se, agacharem-se e mostrarem o ânus e a vagina para que as agentes carcerárias possam verificar se elas escondem objetos ilícitos”, escreve a mulher de Pizzolato.

(Foto: Divulgação/TV Brasil)Image copyrightDivulgacao l TV Brasil
Image captionAlguns dos condenados pelo mensalão já foram soltos – e até presos de novo, caso de Dirceu

“(A prática de) torturas legalizadas, como a revista íntima, a qual poderei ser submetida, certamente não serão impedidas pela presença de uma ala especial”, disse, em referência à ala destinada aos presos vulneráveis que, segundo Andrea, “foi criada especialmente para que o governo brasileiro conseguisse a extradição” de seu marido.

Para evitar a extradição, a defesa de Pizzolato recorreu várias vezes à Justiça italiana e à Corte Europeia afirmando que os presídios brasileiros não oferecem garantias aos direitos humanos dos detentos.Na Itália, ele ainda deverá responder a um processo penal sob a acusação de falsidade ideológica por ter entrado no país com documentos falsos. A primeira audiência está marcada para o dia 14 de dezembro.

Particularidade

Segundo especialistas ouvidos pela BBC Brasil em Roma, a particularidade da decisão sobre Pizzolato é o fato de o Ministério da Justiça da Itália ter autorizado a entrega de um cidadão italiano para um país – no caso o Brasil – que não permite a extradição de pessoas com sua nacionalidade.

“Em dezenas de outros casos, a falta de reciprocidade, que norteia as relações bilaterais entre dois países, fez com que a Itália recusasse a extradição para o Brasil de cidadãos italianos procurados pela Justiça brasileira”, disse o advogado Alessandro Tirelli.

Leia também: Conventos e monastérios que viraram hotéis sonegam impostos e preocupam o Papa

O advogado atribui a mudança na interpretação dos acordos bilaterais à influência do clima político em torno de Pizzolato. “Se fosse um sujeito qualquer, a Itália não teria autorizado a entrega”, disse.

Para ele, a decisão de extraditar o ex-diretor do BB representa “a milésima” derrota da Itália nas relações bilaterais com o Brasil em matéria de Justiça, “especialmente após o caso Cesare Battisti”, ex-ativista condenado a prisão perpétua por mortes no país europeu, que teve a extradição negada pelo governo brasileiro.

(mais…)

Read More
TOP

A Renda renascença da Paraíba será destaque no São Paulo fashion Week

A renda renascença da Paraíba estará presente, nesta quinta-feira (22), nas passarelas do São Paulo Fashion Week, um dos mais importantes eventos de moda do Brasil. Trabalhando em parceria com rendeiras de cidades do Cariri, a renomada estilista paulista Fernanda Yamamoto criou a próxima coleção Inverno 2016 e pretende mostrar ao Brasil e ao mundo traços marcantes da cultura paraibana.

O tradicional trabalho manual realizado pelas rendeiras no Cariri atraiu a atenção de Fernanda Yamamoto, que passou a realizar visitas frequentes à Paraíba com o intuito de conhecer melhor a técnica. O trabalho foi desenvolvido conjuntamente com artesãs dos municípios de Camalaú, Monteiro, São João do Tigre, Zabelê e São Sebastião do Umbuzeiro. Nestas cidades vivem rendeiras que preservam a técnica passada de geração para geração e que hoje é considerada patrimônio cultural da Paraíba.

“Foi uma experiência reveladora e continua sendo, porque é algo que realmente me transformou. Acho que nos permite descobrir todo o valor de um trabalho manual que é maravilhoso, que é nosso patrimônio, nossa cultura e a nossa essência. São mulheres que têm amor por aquilo que fazem e a gente descobre o que realmente importa, que são as pessoas por trás das roupas, as histórias que as roupas carregam e a alma que nelas existem”, afirmou a estilista.

Para a gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, Lu Maia, levar a renda renascença ao São Paulo Fashion Week é importante para a divulgação do produto e consolidação do artesanato paraibano no mundo da moda. “Vamos mostrar o que temos na Paraíba, o nosso artesanato tipo exportação. Estamos procurando abrir o mercado nacional e também o internacional, pois temos um produto de qualidade e que vem sendo reinventado com novos conceitos”, avaliou.

O estilista paraibano Romero Sousa foi o responsável por apresentar a renda renascença a Fernanda Yamamoto. Segundo ele, as peças produzidas conseguem dar um ar de sofisticação sem deixar de lado a tradição e essência da técnica tipicamente paraibana. “A coleção faz inúmeras referências ao Cariri, através de suas cores e tons. Foi uma experiência enriquecedora para todos, com troca mútua de conhecimento”, observou Romero.

De acordo com Romero Sousa, durante todo o trabalho houve a preocupação em valorizar o trabalho das rendeiras, buscando a melhor maneira de remunerá-las. Para a coleção, as artesãs receberam remunerações com o dobro do valor praticado normalmente no mercado.

A participação no São Paulo Fashion Week conta com o apoio do Programa de Artesanato da Paraíba; Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico; Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep); Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase); Empreender-PB; Secretaria da Mulher e Diversidade Humana; Sebrae; e Coletivo Feminista Cunhã.

Indicação Geográfica – A renda renascença possui o registro de Indicação Geográfica (IG), concedido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Atualmente, no Brasil, existem 44 regiões reconhecidas como IG, das quais apenas sete com foco no artesanato. Desses, dois são da Paraíba: a renda renascença e o algodão colorido. O IG reforça a qualidade do produto fabricado em determinado lugar, valorizando a cultura e as tradições daquela localidade, além de criar um diferencial competitivo no mercado.(Sbnews. com.br)

Read More
TOP

Empresários cheneses manifestam interesse em investir na Energia eólica e no turismo da Paraíba

Empresários chineses manifestaram interesse de investir em energia eólica no Estado da Paraíba durante a realização do V Festival do Turismo de João Pessoa, que aconteceu no Centro de Convenções, na PB-008, neste final de semana. A informação é do secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Laplace Guedes, que conversou com o grupo de empresários chineses.

Na oportunidade, representando o governador Ricardo Coutinho, o secretário conversou com a cônsul-geral da China, Li Feiyue, ficando acordado uma visita de alguns empresários chineses a Paraíba para debaterem com o governador investimentos para o Estado.  “O momento será importante para se criar um cenário propício às novas empresas, inclusive as produtoras de energia eólica”, revelou Laplace.

Festival de Turismo – O evento, voltado para agentes de viagens e operadoras de turismo, reuniu as principais empresas do setor do turismo, como hotéis, resorts, companhias aéreas nacionais e estrangeiras, consolidadoras e operadoras de turismo.

O festival ainda promoveu diversas capacitações, um fórum corporativo, além de rodadas de negócios, atividades sociais, culturais e de lazer. Na última edição, o evento recebeu um total de 2.725 profissionais do turismo, 151 stands e 41 expositores na área do Sebrae. Nesta edição reuniu cerca de 3 mil visitantes com a presença de 188 expositores, número 25% maior que a edição de 2014.(Sbnews.com.br)

 

Read More
TOP

“Não se pode aceitar um pacto de impunidade” Diz Marina Silva concorrente de Dilma

‘Não se pode aceitar um pacto de impunidade’, diz marina sobre crise política(Ewerthon Tobace-BBC)

Marina durante visita ao Japão (Foto: Ewerthon Tobace/BBC Brasil)Image copyrightBBC Brasil
Image captionMarina Silva passou sete dias no Japão participando de reuniões e ministrando palestras

Para Marina Silva, ex-candidata a presidente e líder da recém-oficializada Rede Sustentabilidade, a crise política chegou a um limite “inadmissível” e exige das lideranças “todo o rigor e senso de responsabilidade” para lidar com as denúncias feitas até agora.”Não se pode aceitar em hipótese alguma um pacto de impunidade”, disse em entrevista exclusiva à BBC Brasil, em Tóquio, ao comentar o possível acordo entre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o governo para evitar sua cassação em troca de barrar um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Cunha, acusado por delatores de receber dinheiro do esquema de corrupção na Petrobras, ficou em situação frágil após a informação de que ele e seus familiares tiveram contas bancárias bloqueadas na Suíça – o deputado vem evitando comentar o assunto e anteriormente negou manter contas no país europeu. Ele também nega negociações com o governo e a oposição.

Marina, terceira colocada na eleição do ano passado, passou sete dias no Japão a convite dos jornais Mainichi e São Paulo Shimbun, onde se reuniu com lideranças e ministrou palestras sobre sustentabilidade.Em conversa com jornalistas, falou sobre a economia brasileira. “Temos uma crise econômica mundial que nos afeta também, mas boa parte desses problemas são na verdade causados por decisões políticas equivocadas”, disse.

“Para retomarmos os investimentos e o desenvolvimento teremos antes de resolver a crise política. Ela está sendo responsável por perdermos conquistas importantes na economia e na inclusão social, que até bem pouco tempo atrás achávamos que eram processos duradouros.”Depois, na entrevista à BBC Brasil, Marina criticou o estilo de fazer política do atual governo. Confira os principais trechos da entrevista.

 

 

Read More
TOP

Cópias de passaporte e assinatura de Cunha(Presidente da Câmara)usadas em contas no exterior

Na semana passada, com base em fontes próximas ao caso, a Folha revelou o uso dos documentos pessoais de Cunha e de familiares dele para a abertura das contas que deram origem à investigação contra o peemedebista por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro na Suíça.

Nos formulários das quatro contas atribuídas constam como endereço a rua Heitor Doyle Maia, 98, na Barra da Tijuca, no Rio –endereço residencial do peemedebista e da mulher, a jornalista Cláudia Cordeiro Cruz. Duas contas foram fechadas no ano passado, semanas após as primeiras prisões da Operação Lava Jato.

De acordo com a TV Globo, um dos cuidados que o presidente da Câmara teve para manter as contas secretas foi direcionar toda a correspondência do banco Merryl Lynch, mais tarde absorvido pelo banco Julius Baer, para um endereço nos Estados Unidos sob alegação de que o serviço de correio no Brasil não era confiável.

Em um dos formulários mostrados pela TV Globo, Cunha justifica a abertura de uma das contas afirmando que pretende manter negócios na Suíça.

Nesta quinta (15), o Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de inquérito para que a Procuradoria-Geral da República apurasse as suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro –que foi iniciada pela Procuradoria da Suíça e remetida ao Brasil na semana passada.

Nas contas foram bloqueados US$ 2,4 milhões (R$ 9,1 milhões, pelo câmbio de hoje). A investigação suíça já estabeleceu que uma das contas de Cunha recebeu 1,3 milhão de francos suíços do lobista ligado ao PMDB João Augusto Henriques. O dinheiro teve origem na compra de um campo de petróleo pela Petrobras no Benin, país da África Ocidental.

Read More
TOP

Com dois gols de Willian, Brasil vence a Venezuela

Armador do Chelsea analisa vitória de 3 a 1 sobre a Venezuela, comemora momento artilheiro pela Seleção e prevê “pedreira” contra a Argentina, Brasil se recuperou nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, ao derrotar a Venezuela por 3 a 1, na Arena Castelão, no Ceará. Autor de dois gols na partida, sendo o primeiro com apenas 36 segundos da etapa inicial, Willian vê o jogo como ponto de partida para recuperar a confiança do torcedor brasileiro, após o 7 a 1 do Mundial em 2014 e o desempenho ruim na Copa América e na estreia contra o Chile.

– Acho que, hoje, a seleção fez um grande jogo e até poderíamos ter feito mais gols. Se a gente jogar assim sempre, acho que cada vez mais o torcedor vai nos apoiar. Fico feliz pela vitória, principalmente, pelo empenho do grupo, que está de parabéns. Só nós sabemos o quanto estamos trabalhando forte, mas, às vezes, as coisas não acontecem do jeito que a gente quer, mas continuamos trabalhando. Fico feliz também pelos gols que fiz hoje e todo mundo está de parabéns pela vitória – disse Willian na saída do gramado.

Willian gol Brasil x Venezuela eliminatórias (Foto: Reuters)Willian marca duas vezes e empolga torcida no Castelão (Foto: Reuters)
O próximo compromisso do Brasil nas eliminatórias sul-americanas da Copa será o clássico contra a Argentina, em Buenos Aires, em novembro. Para o armador do Chelsea, mesmo com o rival atravessando um mau momento (apenas um ponto em dois jogos), o duelo não deve fugir das tradições de jogo brigado. O jogador ainda comentou sobre a fase “artilheiro” e explicou a polêmica declaração na coletiva durante a semana.

– Vai ser uma pedreira enfrentar a Argentina lá. Nas eliminatórias não tem jogo fácil. Argentina é um clássico, vamos para lá respeitando a equipe deles, mas sem dúvida, tentando uma vitória. É importante marcar duas vezes. Acho que me cobro sempre para fazer gols, ultimamente venho fazendo e espero que continue assim. Pelo que é o futebol hoje, é difícil aplicar um placar elástico. Na coletiva, disse que 1 a 0 seria importante porque seriam três pontos. Mas, é claro, que se a gente puder fazer um placar elástico, melhor ainda – concluiu.

Com a vitória, o Brasil ocupa no momento a quinta colocação na tabela das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018. Em novembro, além do clássico contra a Argentina, a seleção brasileira comandada pelo técnico Dunga ainda irá enfrentar o Peru, no dia 17, às 22h(horário de Brasília).

Willian gol Brasil x Venezuela eliminatórias (Foto: Reuters)
Read More
TOP

O Novo Festival de Turismo de João Pessoa deve receber cerca de 3 mil de Agentes de viagens e hoteleiros

O Centro de Convenções de João Pessoa vai sediar o principal evento de turismo da região Nordeste. A 5ª edição do Festival do Turismo de João Pessoa vai ser realizada nesta sexta-feira (16) e sábado (17) e deverá reunir mais de 3 mil agentes de viagem de Pernambuco, Bahia, Alagoas, Ceará, Sergipe e Rio Grande do Norte, operadores de turismo, empresas de receptivos e órgãos oficiais de turismo, entre outras.

De acordo com os organizadores do festival, estão confirmadas as presenças de 188 expositores, número 25% maior que a edição de 2014. Segundo o diretor comercial do Festival, Claudio J S Junior, um dos motivos do crescimento se deve ao fato do mercado perceber que o Nordeste tem um grande potencial, tanto emissivo quanto receptivo. Além disso, com a diminuição das vendas em algumas empresas, novos expositores buscam mercados emergentes.

O executivo paraibano informou que o festival vai promover diversas capacitações, um fórum corporativo, além de rodadas de negócios, atividades sociais, culturais e de lazer. Na última edição, o evento recebeu um total de 2.725 profissionais do turismo, 151 stands e 41 expositores na área do Sebrae-PB.

A presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, destacou a importância do festival para a massificação do Destino Paraíba junto aos profissionais de turismo do país. Avelino informou que a PBTur vai ter um stand com 27 m² para apresentar aos visitantes todas as potencialidades do destino, a infraestrutura hoteleira e de serviços. “Sempre é uma ótima oportunidade para apresentarmos aos profissionais do setor o que temos de melhor. O Festival, a cada ano, vem se consolidando como  divulgador das nossas potencialidades turísticas”, afirmou.

O Festival – O 5º Festival JPA será voltado exclusivamente para profissionais do turismo. O evento contará com feira, rodada de negócios e diversas capacitações. Os organizadores do Festival do Turismo informam que esta edição terá uma série de novidades, a começar pelo crescimento da área de expositores, que será ocupada por um número maior de corredores exclusivos. De seis corredores, o evento poderá contar com mais dois, pelo interesse das empresas em participar nesse formato, havendo uma lista de espera. Cada expositor que ocupa um corredor exclusivo potencialmente abre participação para outras dez empresas parceiras.

Outra novidade para 2015 será a participação do Ministério do Turismo (MTur). Segundo Claudio J S Junior, este ano, a presença do Ministério trará um novo modelo de apresentação que ainda não foi revelado, mas que será uma grande surpresa para os agentes de viagens. “Teremos uma reunião em breve para começar a definir de que forma será a participação do Ministério”, ressaltou o empresário.

Claudio Junior disse que outra novidade que irá atrair a atenção dos profissionais do Turismo será o Fórum Corporativo, que debaterá temas pertinentes ao mercado de turismo. O Fórum será realizado com a parceria da DJ Hotelaria e Abracorp – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas, que reúne os principais gestores de empresas, inclusive, multinacionais, e apoio do Governo do Estado, por intermédio da PBTur.(Fonte: PB-TUR e Sbnews.com.br)

 

Read More
TOP

As atraentes praias de Cabedelo estão “bombando” neste verão

A cidade de Cabedelo e suas belezas naturais estão destacadas na mais nova edição da revista Brasil Travel News (BTW 314), uma das mais conceituadas no ramo turístico. A matéria “De praia em praia” exalta a fauna e a flora da cidade portuária e ainda os 18 quilômetros de faixa litorânea com “tons caribenhos”.

A publicação, assinada pela jornalista Flávia Lelis, destaca “a paisagem privilegiada, no qual há espaço para vegetação preservada, bem como, para águas cristalinas que invariavelmente são comparadas ao Caribe”. Além disso, o texto cita como referências as Praias do Jacaré, Formosa e Intermares, além, é claro, de Areia Vermelha.

“A matéria destaca apenas o que quem vive e conhece Cabedelo já sabe: o quanto a nossa cidade é linda e suas riquezas naturais bem conservadas. Recebemos com surpresa e muita satisfação a publicação, que ressalta muito bem os atrativos de Cabedelo e dá motivos mais do que suficientes para quem não conhece, vir conhecer e se apaixonar por essa cidade”, exalta o secretário de Turismo, Omar Gama.]

A revista – A Brasil Travel News está no mercado há mais de 28 anos, contribuindo para que o viajante tenha sempre informações atualizadas a respeito de destinos, roteiros, hotéis, restaurantes, passeios e das diferentes novidades que surgem a cada dia no setor turístico.(Assessoria de Imprensa e Sbnews.com.br)

 

Read More